Sexta-feira, 14 de Julho de 2006

FIFA! Esse grande organismo...

Confesso que nunca fui um grande admirador do presidente da FIFA. Joseph Blatter sempre me pareceu demasiado certinho, muito politicamente correcto à frente dos jornalistas. Pode ser defeito meu, mas nunca me sinto confortável com pessoas de sorriso muito fácil. Cheira-me invariavelmente a postura conveniente, devidamente trabalhada e nada natural.
É justo dizer, no entanto, que esta minha "embirração" com o dirigente helvético nunca tinha tido muita razão de ser. Não simpatizava com o senhor, mas jamais o tinha observado a "pisar o risco", embora sempre tenha tido a noção que se preocupava mais com o saldo das contas bancárias da FIFA do que propriamente com o desenvolvimento do futebol. Não concordo, por exemplo, que Blatter seja contra o recurso à tecnologia para tornar o desporto-rei um jogo com menos erros (e necessariamente mais verdade desportiva); nem sou favorável a que o próximo Mundial se dispute na África do Sul (não auguro nada de bom em termos de segurança...), numa decisão recheada de interesses políticos.
Adiante. O que me leva, de momento, a estar cansado de Blatter e a desejar a sua saída da FIFA é constatar a súbita propensão para o disparate durante e após o certame da Alemanha. Primeiro, "arrasou" com o árbitro do Portugal-Holanda (com declarações estranhas para um líder). Dias mais tarde... pediu desculpas. Depois, horas após o anúncio do prémio de melhor jovem a Podolski, desfez-se em elogios a Ronaldo e a Portugal, como que pedindo desculpas por uma eleição que se pensava imune a "influências".
Mas, o melhor (ou pior, dependendo da perspectiva...) ainda estava por vir. Atribuir o galardão de melhor jogador da prova a Zidane, depois do francês ter saído da final à cabeçada, não fez sentido algum, nomeadamente após as milhares de vezes em que os senhores da FIFA falaram em "fair-play". E não me venham dizer que a votação foi feita pelos jornalistas. Eles até podem ter votado, mas quem contou os votos e informou os resultados foram outras pessoas...
Mas Blatter (ou a FIFA) ainda não está satisfeito. Agora, depois das declarações de Zidane (dizendo que não se arrepende de ter cabeceado um adversário, o que lhe fica muito bem...), resolveu mandar instaurar um processo a Materazzi. Tudo porque Zidane disse ter sido ofendido.
Acredito que o francês não esteja a mentir quando "pinta" o central italiano de forma negativa, mas daí a abrir um processo ao homem do Inter vai uma distância enorme. A partir de agora, sempre que alguém resolver agredir um opositor, a vítima é que parece ficar em mais lençóis. Alguém entende isto?!
Por este andar ainda estou a ver o norte-americano McBride a ter que explicar aos senhores da FIFA o que esteve na origem da cotovelada que o italiano Rossi lhe deu...

                                      

                                 
No meio de toda esta trapalhada, a imprensa italiana cansou-se de ver Materazzi a ser tratado como vilão quando - e isso é que conta - foi o único a ser agredido na final. Vai daí, garante ter provas de Zidane a insultar o árbitro durante a meia-final com Portugal (espanta-me o Zidane fazer isto porque se sujeitou a uma cabeçada, de acordo com os seus parâmetros legítima, por parte do árbitro e ficar fora da final). Tendo em conta que muitos franceses considerem ser justo retirar o título mundial à Itália devido às pretensas ofensas de Materazzi, eu penso que Portugal ainda pode sonhar com a subida ao pódio.=)


publicado por Jose Estaline às 05:05
link do post | comentar | favorito
|

Quebra-Costas

pesquisar

 

Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

What's new(s)

Perguntas Impertinentes (...

O Momento da Ventosidade

Perguntas Impertinentes (...

FIFA! Esse grande organis...

Santa Casa da Misericórdi...

U.S.A. – Unlawful States ...

Pedido

Governos e governos...

Consumo Saudável...

Introducing

arquivos

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

SAPO Blogs

subscrever feeds